O consumo digital e a influência digital no consumo

Antes de comprar um carro, por exemplo, o suposto cliente busca saber tudo sobre o modelo desejado. Pede opinião para amigos que já o tiveram, lê revistas sobre o assunto, e, principalmente, pesquisa na internet. A grande internet, onde tudo se encontra. Essa é uma realidade cada vez mais presente. Antes de comprar um objeto de desejo, o usuário entra nos sites das marcas, pesquisa nas redes sociais, lê críticas e elogios.

Afirmando esta ideia, a agência Fleishman-Hillard dos EUA, divulgou neste mês um estudo sobre o comportamento do consumidor digital, que aponta a influência da internet na decisão de compra.

Segundo o levantamento, 66% dos entrevistados utilizam a web para determinar a compra, ou não, de um produto.

Por outro lado, 61% afirmam buscar a opinião de amigos, parentes ou colegas; 61% recorrem ao e-mail; 42% à televisão; 43% utilizam os jornais impressos para fazer a escolha; 37% mala direta; e, empatados com 28% cada, revistas e emissoras de rádio aparecem com menor escala na influência de compra.

E toda essa influência da internet, aliada a influência dos amigos e parentes traz benefícios também para o consumo digital. Principalmente o social-commerce, onde as vendas são feitas diretamente nas redes sociais. De acordo com Ricardo Grandinetti, gerente de produtos da LikeStore (www.likestore.com.br – site responsável por disponibilizar vendas pelo facebook), o comportamento social moderno mostra como a internet tem importância no dia a dia das pessoas nos dias de hoje. “Até as coisas mais simples são feitas dentro da rede atualmente. O tradicional boca a boca continua existindo hoje, por meio das redes sociais. É comum encontrar pessoas no Facebook, ou no Twitter, procurando mais informações sobre algum produto especifico”, explica. “Isso abre um grande caminho para o crescimento do social commerce, que utiliza a opinião dos próprios amigos para recomendar positiva, ou negativamente, um produto”, afirma Grandinetti.

A tecnologia está ao nosso redor e a nosso favor. Cabe a nós utilizá-la com sabedoria e aproveitar as novidades. Porque afirmar que a internet traz resultados já está comprovado.

 

Por: Sara Setter

Fonte: Vitrine Publicitária

O que há de novo na versão atual da TradeMail

Estamos felizes em anunciar a nova versão da nossa ferramenta TRADEMAIL, Maglie Indiana Pacers com muitas mudanças e melhorias constantes para tornar o e-mail marketing cada vez mais eficiente e fácil de utilizar. Nova interface A TradeMail apresenta uma interface totalmente nova com informações das atividades em tempo real com taxa de interação do assinante. Maglie Milwaukee Bucks Novo editor para criar formulário de inscrição. Nunca foi tão fácil criar o formulário de inscrição através do novo editor. Fjallraven Kanken Mini Adiconar campos, Nike Air Max 2017 Dames zwart mudar textos, Troy Polamalu College Jerseys HTML, ray ban pas cher definir um tema ou formas com imagens personalizadas, Fjallraven Kanken Big e muito mais. Adidas Pas Chere Novas formas de divulgar seu formulário de inscrição – QR CODE Divulgue seu formulário através do QR Code aplicando-o em suas campanhas publicitárias.A TradeMail disponibiliza o código que ao tirar uma foto dele, Air Jordan 3 Uomo utilizando um leitor de QR Code,

A comunicação nos novos tempos

 

 

O futuro nos encanta. Gostaríamos de saber como será o mundo amanhã. Cientistas e escritores nos mostram um conjunto de cenários de evolução e a maioria das pessoas concorda num ponto fundamental: a tecnologia está mudando de forma acelerada nosso mundo.

Temos acesso a uma variedade de informações que seriam inimagináveis em épocas passadas. Nenhuma outra tecnologia terá mais impacto na vida das pessoas nos próximos anos do que a internet. A digitalização e a interatividade facilitam a disseminação da informação. São fatores de aceleração de um novo formato que derrubará as fronteiras da informação e do conhecimento.

A era semântica se aproxima. A participação com informações e conhecimentos em tempo real, em dados lincados e estruturados, permitirão que os motores de busca cheguem a conclusões e não apenas em simples dados, resultados com base em palavras-chaves.

O caminho para essa nova era começou no final do século passado. Em 1989 Tim  Berners-Lee, um cientista de computação, inventou a World Wide Web, iniciando uma revolução da mídia com a internet. O rádio gratuito via internet aparece, a televisão via internet permite aos telespectadores evitarem comerciais e todos os dias milhões de pessoas leem jornais online.

 

 

O computador supera as vendas dos televisores no Brasil e o tempo de permanência do brasileiro na internet é o maior do mundo. O Flickr torna-se o maior repositório de fotos da história, assim como o YouTube para os filmes e a Wikipedia como dicionário online. O blog se apresenta como importante canal de comunicação e o microblog Twitter possibilita uma comunicação em tempo real. Outras mídias sociais como o Orkut e Facebook lideram o ranking dos sites mais visitados, assim a internet deixa de ser uma rede de computadores e passa ser uma rede de pessoas com o mesmo interesse, convivendo em comunidades.

As marcas se transformam em mídias, os leitores em comentadores. Um em cada três internautas dá sua opinião sobre marcas, produtos e serviços. Os consumidores passaram a gostar de interagir e opinar. Querem mais do que consumir produtos, querem participar da sua criação.

Os profissionais de marketing nos dias de hoje, de crise e redes sociais, precisam monitorar as conversas na internet para descobrir se sua marca é tema de discussão, a melhor maneira de identificar potenciais clientes para suas empresas.

O grande desafio para os profissionais de comunicação é apresentar soluções aos seus clientes para que acompanhem essa evolução. Você já sabe como?

By Eli, lilly and agree to cialis com continue, to your medical problems blood cell problems such as isosorbide. Put an Cialis over the counter – The best drug for the elimination of ED. erection that bothers, you ask.