Dica: Não use acentuação no Subject

 

O uso de acentuação em caracteres no campo subject do e-mail marketing é o tema do nosso post de hoje. O resultado de nossas campanhas muitas vezes estão nos detalhes. A importância do assunto numa campanha já é de conhecimento de todos, o que muitos não sabem, é que a acentuação no campo “assunto” gera erros em alguns servidores de e-mails.

 

Trata-se de um problema de longa data, maquinas de diferentes tipos e fabricantes sempre tiveram suas maneiras particulares de representar os alfanuméricos. Na década de sessenta se iniciou o uso de um código comum conhecido por ASCII (Código Padrão Norte-americano para Intercâmbio de Informações), usado para representar os caracteres que usa uma escala do decimal 0 a 127, para converter símbolos em números binários.

Existem novos conjuntos de caracteres, como por exemplo, a ISO: “International Standardization Organization” – É o padrão ocidental, utilizado também no Brasil. Cada caractere só possui 1 byte ( 8 bits ), gerando um máximo de 256 caracteres e o UTF-8: “Unicode Transformation Format-8”- que é o padrão mundial, que pode ser usado em quase todos os idiomas.

O grande problema é que não existe um padrão de configuração para que todos os servidores recebam e-mails com acento. Algumas máquinas encarregadas de fazer a retransmissão da mensagem (servidores de e-mails dos destinatários) não conseguem interpretar normalmente as acentuações, substituindo-as por códigos.

Por isso, recomendamos não utilizar a acentuação nem caracteres especiais no SUBJECT (assunto) de suas campanhas de e-mail marketing. Muitos colocam ao final uma observação como esta “Os assuntos dos e-mails não são acentuados porque alguns servidores não reconhecem acentos”. Não use acentos gráficos (!, ?), evite termos de baixa reputação (promoção, imperdível, crédito, etc) dica de um post anterior, e nunca, use um subject em caixa alta. Lembre-se também em limitar o subject a não mais que 50 caracteres.